terça-feira, 24 de setembro de 2013

[Resenha] O Guia do Mochileiro das Galáxias–Vol 4: Até mais, e obrigado pelos peixes!

Olá!

     Vocês já viram o filme “O Guia do Mochileiro das Galáxias”? Esse filme foi baseada nessa série do Douglas Adams, mas acaba misturando todos os livros ao invés de contar a história apenas de um. Bom, mas porque eu estou falando sobre isso? O início do filme mostra os golfinhos cantando e dançando uma música que explica o seu desaparecimento, como é retratado nesse quarto volume. Deem uma olhada na crítica que fiz do filme e vejam esse clipe. CONFIRA AQUI!! 

Depois de oito anos vagando pelos mais insondáveis cantos da Galáxia, Arthur Dent está de volta à Terra, e tudo parece estranhamente normal. Todas as coisas estão em seus devidos lugares – sua casa, seu emprego, seu planeta –, e é justamente por isso que ele começa a desconfiar de que, ou ficou completamente maluco e tudo não passou de uma grande alucinação, ou algo de muito mais estranho do que viagens espaciais a bordo de naves alienígenas poderia estar acontecendo.

Em busca de respostas que possam explicar não só como a Terra poderia continuar a existir – já que ela havia sido destruída para dar passagem a uma estrada interplanetária anos antes –, mas também por que tudo estava absolutamente igual ao que era, exceto pelo misterioso desaparecimento dos golfinhos, Arthur começa uma nova jornada. Uma das poucas pessoas que poderiam ajudá-lo a compreender toda a história é Fenchurch, uma linda garota que tem surtos psicóticos desde que teve uma revelação transcendental sobre o porquê de as coisas darem sempre tão errado para os humanos.

     Decididos a encontrar a verdade, Arthur e sua nova companheira tentam descobrir se a CIA é mesmo a responsável por tudo, produzindo alucinações coletivas ao testar uma nova arma química, embora não acreditem nem um pouco nessa versão. Juntos, Arthur e Fenchurch vivem um grande, profundo e divertido amor, cheio de beleza e poesia, mas repleto das mais inusitadas situações, enquanto procuram o motivo de tanta confusão.

     Teriam os dois imaginado tudo aquilo? Mas, então, onde estariam os golfinhos? E o que queriam dizer com a mensagem "Até mais, e obrigado pelos peixes!"? Isso é o que você e Arthur Dent estão prestes a descobrir!”
(Retirado do skoob).

     A série era para ser na verdade uma trilogia, mas Douglas Adams adicionou mais dois livros transformando-a em uma “trilogia de cinco livros”. Diferente dos outros livros da série, esse tem mais romance e não possui uma narrativa tão louca. Algumas parte são, na minha opinião, uma encheção de linguiça, mas a trama em si é bem legal. Queremos descobrir o motivo da Terra não ter sido destruída e porque os golfinhos sumiram.

     Fenchurch é uma mulher meio louquinha e perfeita para Arthur. Incrível como os dois se entendem, mesmo Arthur sendo um chato e idiota. Eles formam um casal interessante e Arthur tenta ajudá-la a descobrir o que ela acabou esquecendo no dia que teoricamente a Terra deveria ter sido destruída. Outros que aparecem nesse livro, mas de forma bem rápida são Marvin e Ford Perfect. Zaphod e Trillian são apenas citados, mas eu gostaria de saber mais sobre eles.

     O final do livro conta uma história sem relação nenhuma com o que foi dito antes, mas que provavelmente fará algum sentido no próximo livro. Ainda acho que a série poderia ter terminado no terceiro livro. A impressão que dá é que Douglas Adams quis dar um ar mais romântico e por isso decidiu incluir esses dois novos volumes para mostrar um romance envolvendo Arthur Dent.

     Apesar do livro ser interessante e  de ser uma leitura rápida, não gostei muito. Os outros com certeza foram melhores. Não posso falar sobre o quinto livro (que eu já li), mas posso dizer que a história não melhorou muito. =P

Informações sobre o livro:

- Título: O Guia do Mochileiro das Galáxias–Vol 4: Até mais, e obrigado pelos peixes!
- Escritor (a): Douglas Adams
- Editora: Sextante
- Páginas: 142
- Ano da edição: 2005
- Onde comprar: Livraria Cultura, Submarino (APENAS R$ 6,45!!)

Beijos,

assinatura (2)

2 comentários:

  1. Oi Gabi!

    Sempre ouço falar muito bem da série e que pena que não gostou tanto desse. Acho que o problema de séries muito extensas, algumas vezes, é exatamente esse a sensação que deveria ter terminado e o autor prolongou.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bom?
    Passando para deixar um comentário rsrs
    Nunca tive vontade de ler , por que
    são muitos livros !!
    Mas amei a resenha
    Beijos*-*
    Território das garotas
    http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar! Assim que possível, passarei em seu blog retribuindo.
Comentários ofensivos e anônimos são deletados. Caso você não possua um site e queira comentar, use o campo "Nome/URL" e coloque seu nome no campo correspondente, deixando o campo de URL em branco.
Para parcerias e assuntos que não sejam referentes ao post, entre em contato pelo formulário (clique na aba CONTATO ali em cima).

Poderá também gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...